O IRM utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos portais, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Diante do revés, precisamos mirar em boas práticas

A recente publicação “Leading Educational Change During a Pandemic – Reflections of Hope and Possibility” (em tradução livre, “Conduzindo a Mudança na Educação Durante uma Pandemia – Reflexões sobre Esperança e Possibilidades”), de Fernando Reimers, professor de Harvard, nos leva a refletir sobre a ideia de que aprender com os exemplos dos outros pode contribuir para que haja de fato qualidade na educação.

O potencial das boas práticas ganhou novos contornos em vista do cenário instituído pela Covid-19, cada uma marcada por sua singularidade, mas todas orientadas pelo direito universal à educação.


Este artigo completo foi publicado no ECOA | Por um mundo melhor, site do portal UOL, em 30/01/2021, e está disponível para leitura em https://bit.ly/3pL6jbj.

Rodrigo Hübner Mendes escreve semanalmente sobre inclusão em sua coluna do ECOA, site do portal UOL de jornalismo propositivo, que tem como objetivo apresentar pessoas que se dedicam a construir um mundo melhor.

Rodrigo Hübner Mendes tem dedicado sua vida para garantir que toda pessoa com deficiência tenha acesso a educação de qualidade na escola comum. É professor e pesquisador sobre educação inclusiva, membro da rede de empreendedores sociais Ashoka e do Young Global Leaders (Fórum Econômico Mundial). Há 25 anos fundou o Instituto Rodrigo Mendes, que desenvolve pesquisas, consultoria e programas de formação em diversas partes do mundo.

©️ Instituto Rodrigo Mendes. Licença Creative Commons BY-NC-ND 2.5. A cópia, distribuição e transmissão dessa obra são livres, sob as seguintes condições: você deve creditar a obra ao seu autor, sendo licenciada pelo Instituto Rodrigo Mendes e DIVERSA.

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: