O IRM utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos portais, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Óculos de realidade aumentada

Os Óculos de realidade aumentada são um material pedagógico acessível composto por uma armação de papelão adaptada com lentes de binóculo. O recurso fica conectado a um aparelho de smartphone. Quando o estudante coloca os óculos, tem a sensação de estar em uma realidade virtual.

Atributos do Desenho universal para a aprendizagem

• Apresentação: proporciona opções para a percepção ao usar o modelo físico interativo para apresentar desafios matemáticos relacionados à aritmética e álgebra. Oferece opções para o uso da linguagem matemática por meio do uso de material concreto. Oferece opções para a compreensão por meio da ativação de conhecimentos prévios dos estudantes sobre contagem e representação numérica.

• Interação e expressão: proporciona opções para a atividade física ao diversificar as formas de interação dos estudantes com os conceitos. Oferece opções para a expressão e a comunicação do conhecimento pelos estudantes. Oferece opções para as funções executivas apoiando a memória de trabalho.

• Motivação e engajamento: proporciona opções para gerar interesse ao conectar o componente curricular à vida do estudante. Oferece opções para manutenção da atenção ao propor diversos desafios matemáticos em diferentes níveis de complexidade.

Articulação a Base nacional comum curricular

O material apresenta forte aderência com os componentes curriculares de matemática nos anos iniciais do ensino fundamental ao trabalhar habilidades relacionadas à contagem; problemas relacionados à adição e subtração; padrões e sequências e representação numérica.

Considerando o relato de experiência da educadora do Colégio Estadual Amyntas de Barros, em Pinhais (PR), e as possibilidades de uso em outras unidades escolares, o Óculos de realidade aumentada pode ser utilizado como estratégia pedagógica para os seguintes objetivos de aprendizagem da BNCC:

Geografia – 2º ano

UNIDADE TEMÁTICA  Formas de representação e pensamento espacial
OBJETO DE CONHECIMENTO  Localização, orientação e representação espacial 
HABILIDADE  (EF02GE08) Identificar e elaborar diferentes formas de representação (desenhos, mapas mentais, maquetes) para representar componentes da paisagem dos lugares de vivência.

(EF02GE10) Aplicar princípios de localização e posição de objetos (referenciais espaciais, como frente e atrás, esquerda e direita, em cima e embaixo, dentro e fora) por meio de representações espaciais da sala de aula e da escola.

Ciências – 3º ano

UNIDADE TEMÁTICA  Vida e evolução 
OBJETO DE CONHECIMENTO  Corpo humano
HABILIDADE  (EF03CI02) Experimentar e relatar o que ocorre com a passagem da luz através de objetos transparentes (copos, janelas de vidro, lentes, prismas, água etc.), no contato com superfícies polidas (espelhos) e na intersecção com objetos opacos (paredes, pratos, pessoas e outros objetos de uso cotidiano).

Ciências – 6º ano

UNIDADE TEMÁTICA  Vida e evolução 
OBJETO DE CONHECIMENTO  Corpo humano
HABILIDADE  (EF06CI08) Explicar a importância da visão (captação e interpretação das imagens) na interação do organismo com o meio e, com base no funcionamento do olho humano, selecionar lentes adequadas para a correção de diferentes defeitos da visão.

Geografia – 4º ano

UNIDADE TEMÁTICA  Formas de representação e pensamento espacial
OBJETO DE CONHECIMENTO  Sistema de orientação
HABILIDADE  (EF04GE09) Utilizar as direções cardeais na localização de componentes físicos e humanos nas paisagens rurais e urbanas.

Além de habilidades de componentes curriculares, o material também pode ser utilizado para trabalhar competências gerais da BNCC:

• Conhecimento: apoia a construção do conhecimento matemático, associando-a à resolução de problemas da vida cotidiana.

• Pensamento científico, crítico e criativo: favorece o letramento matemático pelo desenvolvimento das competências e habilidades de raciocinar, representar, comunicar e argumentar matematicamente para a formulação e resolução de problemas.

• Comunicação: contribui para o multiletramento ao ampliar as formas com que os estudantes possam partilhar informações e seu entendimento sobre o pensamento matemático.

• Empatia e cooperação: facilita as estratégias de cooperação entre estudantes ao ampliar as formas de informação e expressão.

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: