Como utilizar o teatro em estratégias pedagógicas inclusivas

Utilize a linguagem do teatro na promoção de estratégias pedagógicas inclusivas para desenvolver trabalho colaborativo, protagonismo e criatividade

Ainda que não percebamos, a linguagem teatral faz parte do dia a dia de ensino de educadores e estudantes. Ao contar uma história, e se valer de expressões faciais para engajar os ouvintes, ler um texto empostando a voz ou mesmo utilizar o corpo para se expressar, fazemos uso de recursos e ferramentas do teatro.

Aluna segura livro aberto em suas mãos. Ela está de pé, com material de teatro de fantoches ao fundo. À sua frente, alunos sentados em carteiras a observam. Fim da descrição.

A utilização de técnicas teatrais em estratégias pedagógicas pode promover inúmeros benefícios aos alunos, como desenvolvimento do protagonismo, resgate da autoestima, empoderamento e estímulo ao trabalho colaborativo e à criatividade.

Além disso, contribuem para que o sujeito possa se expressar melhor e aperfeiçoar a projeção de sua fala. Em situações onde haja barreiras comunicacionais, essas habilidades são importantes para o desenvolvimento da interação entre estudantes.

Conheça experiências escolares com teatro acessível 
Grupo de teatro produz “O pequeno príncipe” protagonizado por jovem com Síndrome de Down
Jovens encenam musical inclusivo que valoriza as diferenças
Jovem surdo vira músico em espetáculo após aprender ritmo com pulsar do coração

Outro aspecto importante dos recursos teatrais é o trabalho em grupo. Os estudantes são incentivados a realizar tarefas que valorizem as diferenças e os efeitos da colaboração, o que proporciona um ambiente acolhedor para todas e todos.

Os ganhos educacionais proporcionados pelo teatro podem ser alvo de estratégias pedagógicas de diferentes educadores. Para isso, é preciso levar em consideração a realidade da turma e o repertório dos estudantes, de forma a desenvolver uma proposta que potencialize as habilidades de cada um.

Para inspirar os educadores de todo país na elaboração de práticas pedagógicas que explorem as diversas possibilidades da segunda arte, o DIVERSA selecionou um conjunto de experiências educacionais inclusivas, em comemoração ao Dia Mundial do Teatro, celebrado em 27 de março, e ao Dia Nacional do Teatro para a Infância e Juventude, de 20 de março.

Teatro de fantoches com painel sonoro: um estímulo à expressão

Ao identificar barreiras comunicacionais, as educadoras da EMEF Carlos Francisco Gaspar, em São Paulo, desenvolveram o Teatro de fantoches com painel sonoro, um material pedagógico acessível (MPA) para contação de histórias. O recurso envolveu as disciplinas de língua portuguesa, história e ciências.

Três estudantes de costas observam material teatro de fantoches ao fundo. Fim da descrição.

Estudantes desenvolvem oralidade e criatividade com Cartola mágica

Em projeto para romper barreiras e incentivar a atividade teatral, a Escola Municipal Angelina Daige, do Guarujá (SP), desenvolveu protagonismo, trabalho colaborativo e ampliação de vocabulário dos estudantes. A estratégia pedagógica teve como objetivo a construção de um MPA que promovesse a plena participação de todos os estudantes aos conteúdos trabalhados.

Em sala de aula, Yuri ri enquanto é apoiado por professora; uma colega fala com ele. Todos estão sentados no chão, entre outros estudantes. Fim da descrição.

Jovens encenam musical inclusivo que valoriza as diferenças

Além do desenvolvimento da aprendizagem, o teatro também pode ser um espaço de debates sobre o preconceito. Na escola Cid Boucault, em Mogi das Cruzes (SP), estudantes realizaram um musical inclusivo, envolvendo pessoas com e sem deficiência, para abordar temas como depressão e suicídio. O projeto nasceu do desafio de desenvolver nos estudantes o sentimento de pertencimento ao grupo escolar, bem como a valorização das diversidades.

Quatro estudantes encenam musical inclusivo. Eles olham pra frente e fazem uso de Libras. Fim da descrição.

Teatro acessível promove diversidade e representatividade nos palcos

Sendo um espaço de debate, o teatro promove discussões importantes sobre inclusão social. Conheça a história de atores e atrizes com deficiência que lutam por acessibilidade no meio artístico. Para eles, as pessoas com deficiência devem estar onde elas quiserem: no palco ou na plateia.

Em sala de aula, estudante passa a mão com uma luva sobre a Cartola mágica. Fim da descrição.

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: