Referências de estratégias pedagógicas inclusivas para a alfabetização

Por Juliana Delgado

Compilado de conteúdos para inspirar o trabalho de educadores dos anos iniciais

Quando se fala em educação inclusiva, muitos educadores buscam referências de trabalhos e estratégias pedagógicas que deram certo. Para algumas instituições, pode ser um desafio desenvolver ações para garantir que todos os estudantes tenham acesso às mesmas oportunidades de aprendizado, principalmente nos anos iniciais de ensino.

Pensando em divulgar as melhores práticas de educação inclusiva nas escolas comuns, e para comemorar o Dia Internacional da Alfabetização, o DIVERSA separou alguns conteúdos recentes relacionados ao processo de aprendizagem da leitura e da escrita.

Em sala de aula, estudantes levantam as mãos e sorriem. Todos usam as luvas da Cartola mágica em uma das mãos. Fim da descrição.
Foto: Paulo Fehlauer.

Leia mais:

+ Como tornar o ensino de Língua Portuguesa inclusivo no ambiente escolar

+ Leitura e escrita na educação infantil com sentido e significado

O Dia Internacional da Alfabetização, comemorado em 8 de setembro, foi instituído pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como um compromisso pela erradicação do analfabetismo. Conforme reforça a Unesco, a alfabetização é essencial para o desenvolvimento pessoal e social de todas as pessoas. Trata-se de um direito humano vital para a construção de uma sociedade mais inclusiva e sustentável.

Educação inclusiva na prática

Conheça as experiências de educadores que desenvolveram atividades para a eliminação de barreiras na alfabetização de seus estudantes.

+ Roleta silábica impulsiona a alfabetização e o aprendizado de todos
Professores desenvolvem material pedagógico para alfabetizar estudantes com dificuldades de aprendizagem.

+ Baú para contação de histórias: um tesouro para aprendizagem
Material pedagógico acessível desenvolvido por educadores possibilita aprendizagem mais prazerosa e igualitária para todos os estudantes.

+ Material para a alfabetização de jovens e adultos estimula a participação de todas e todos
Recurso pedagógico acessível desenvolvido por educadores possibilitou acesso ao conteúdo proposto para toda a turma da EJA.

+ Como trabalhei preconceitos para empoderar turma da EJA
Valorização da diversidade humana, elevação da autoestima e reflexões sobre discriminação racial marcam projeto.

Duas alunas escrevem com giz branco na lousa interativa, que está apoiada no quadro negro da sala de aula, enquanto professora as observa. Fim da descrição.
Foto: Paulo Fehlauer.

+ Jogo de RPG facilita alfabetização de estudantes
Autonomia e protagonismo dos estudantes potencializam projeto desenvolvido para eliminar barreiras ao aprendizado.

+ Potencializamos alfabetização e participação de estudantes com material interativo
Com elaboração de recurso acessível, aulas se tornaram mais dinâmicas e proporcionaram aprendizagem mais divertida e significativa.

+ Como desenvolvi a alfabetização de estudantes com projeto antibullying
Com estímulo à autoestima, educadora desenvolve respeito às diferenças, estreita laços e facilita aprendizagem de estudantes.

+ Estudantes desenvolvem oralidade e criatividade com Cartola mágica
Protagonismo, trabalho colaborativo e ampliação de vocabulário marcam projeto idealizado para romper barreiras e incentivar atividade teatral.

Materiais pedagógicos acessíveis

Inspire-se com os recursos elaborados para tornar o ensino mais inclusivo. É recomendado fazer adaptações considerando a realidade da sua escola e de seus estudantes.

+ Lousa interativa: com uma caixa sonora de MDF cortada a laser com botões que reproduzem sons de animais, associada a uma lousa, o material é utilizado para estimular a alfabetização e o estudo de conteúdos curriculares de ciências.

+ Painel de adivinhação: painel de MDF com botões, desenvolvido para tornar a contação de histórias mais lúdica e divertida.

+ Caminho sustentável: composto por dois caminhões de lixo e uma guarita em miniatura com cancela, todos cortados em MDF, com apoio da cortadora a laser, o material foi elaborado para trabalhar com as crianças conteúdos de sustentabilidade, como a geração de resíduos e a reciclagem.

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: