O IRM utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos portais, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Mapa de relevo

O Mapa de relevo é um recurso composto por uma base em papelão com vários furos para encaixar palitos de alturas diferentes. A partir de uma proposta de paisagem, devem ser encaixadas peças de papelão nos palitos até a altura definida para representar uma realidade geográfica. Favorece o trabalho interdisciplinar com a área de matemática pela contagem do número de peças necessárias para alcançar uma determinada medida.

Atributos do Desenho universal para a aprendizagem

• Apresentação: oferece opções para a percepção ao ampliar as formas de apresentação de conceitos geofísicos por meio de maquetes e ao incluir a marcação em braille na legenda. Oferece opções para a compreensão pela manipulação do recurso pelos estudantes. Oferece opções para a compreensão por meio da ativação de conhecimentos prévios dos estudantes sobre a realidade geográfica.

• Interação e expressão: o Mapa de relevo proporciona opções para a atividade física com o uso do material para explorar diversos conceitos geofísicos e matemáticos. Oferece opções para expressão e comunicação ao permitir que o estudante use o material para complementar ou substituir a expressão verbal. Oferece opções para as funções executivas pela apoiando a memória de trabalho.

• Motivação e engajamento: proporciona opções para gerar interesse no estudante ao conectar o componente curricular ao cotidiano associando relevo ao território. Oferece opções para manutenção da atenção ao propor diversos desafios relacionados manipulação do recurso.

Articulação com a Base nacional comum curricular

O Mapa de relevo apresenta forte aderência com os componentes curriculares dos anos iniciais do ensino fundamental ao trabalhar o desenvolvimento do letramento matemático, em especial o pensamento numérico. Envolve procedimentos de contagem ascendente e descendente, indicações de quantidades, quantificação de elementos de uma coleção, leitura, escrita e comparação de números naturais, construção de fatos básicos de adição, composição e decomposição de números naturais e problemas envolvendo diferentes significados da adição e subtração.

Permite o trabalho interdisciplinar com a área de ciências para os anos finais do ensino fundamental para retratar a diversidade de ecossistemas.

Considerando o relato de experiência da educadora do Centro Integrado de Educação Pública (CIEP) Antônio Candeia Filho, no Rio de Janeiro (RJ), e as possibilidades de uso em outras unidades escolares, o Mapa de relevo pode ser utilizado como estratégia pedagógica para os seguintes objetivos de aprendizagem da BNCC:

Geografia – 2º ano

UNIDADE TEMÁTICA  Formas de representação e pensamento espacial
OBJETO DE CONHECIMENTO  Localização, orientação e representação espacial
HABILIDADE  (EF02GE08) Identificar e elaborar diferentes formas de representação (desenhos, mapas mentais, maquetes) para representar componentes da paisagem dos lugares de vivência.

Geografia – 3º ano

UNIDADE TEMÁTICA  Conexões e escalas
OBJETO DE CONHECIMENTO  Paisagens naturais e antrópicas em transformação
HABILIDADE  (EF03GE04) Explicar como os processos naturais e históricos atuam na produção e na mudança das paisagens naturais e antrópicas nos seus lugares de vivência, comparando-os a outros lugares.

Geografia – 4º ano

UNIDADE TEMÁTICA  Natureza, ambientes e qualidade de vida
OBJETO DE CONHECIMENTO  Conservação e degradação da natureza
HABILIDADE  (EF04GE11) Identificar as características das paisagens naturais e antrópicas (relevo, cobertura vegetal, rios etc.) no ambiente em que vive, bem como a ação humana na conservação ou degradação dessas áreas.

História – 2º ano

UNIDADE TEMÁTICA  O trabalho e a sustentabilidade na comunidade
OBJETO DE CONHECIMENTO  A sobrevivência e a relação com a natureza
HABILIDADE  (EF02HI10) Identificar diferentes formas de trabalho existentes na comunidade em que vive, seus significados, suas especificidades e importância.

(EF02HI11) Identificar impactos no ambiente causados pelas diferentes formas de trabalho existentes na comunidade em que vive.

Além de habilidades de componentes curriculares, o material também pode ser utilizado para trabalhar competências gerais da BNCC:

• Conhecimento: amplia as oportunidades para a construção do conhecimento pelos estudantes sobre o relevo e outros aspectos geofísicos associando a representação tridimensional a características de territórios.

• Pensamento científico, crítico e criativo: propõe que os alunos elaborem e testem hipóteses utilizando os raciocínios matemático e científico sobre relevo.

• Comunicação: contribui para o multiletramento ao ampliar as formas com que estudantes possam partilhar informações e seu entendimento sobre a realidade geofísica estudada.

• Empatia e cooperação: facilita as estratégias de cooperação entre estudantes ao ampliar as formas de informação e expressão.

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: