O IRM utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos portais, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Educação inclusiva na prática é tema de seminário on-line

Seminário on-line pretende debater os caminhos para a inclusão de crianças e adolescentes com deficiência na escola comum

O Instituto Rodrigo Mendes (IRM) e o UNICEF no Brasil realizam, nesta quarta-feira (01/09), o seminário on-line “Como colocar em prática a educação inclusiva?”. O objetivo é mostrar, a partir de experiências práticas, que a inclusão de crianças e adolescentes com deficiência na escola regular é possível e beneficia a todos. O seminário será realizado das 15h às 17h (horário de Brasília), no Youtube do UNICEF Brasil, e contará com Libras, legendas em tempo real e audiodescrição.

Card com fundo azul. Texto: Seminário: como colocar em prática a educação inclusiva? 01 de setembro das 15h às 17h (Brasília). Cinco fotografias em sequência com as seguintes legendas: Ítalo Dutra, Chefe de Educação do UNICEF no Brasil. Rodrigo Mendes, CEO do Instituto Rodrigo Mendes. Juliana Forte, Coordenadora pedagógica de São Paulo (SP). Ana Célia Vieira, Coordenadora pedagógica do Piauí. Katyuscia da Silva, Assessora pedagógica de Natal (RN). Texto: youtube.com/UNICEFBrasil e legendas em tempo real. Símbolos: Libras e audiodescrição.Logotipos: Instituto Rodrigo Mendes e UNICEF para cada criança. Fim da descrição.
Fonte: Instituto Rodrigo Mendes.

“Temos acompanhado centenas de experiências bem sucedidas de inclusão escolar em todas as regiões do Brasil. Dar visibilidade a práticas tão consistentes é fundamental para que possamos apoiar os educadores por meio de referências que os inspirem na criação de seus próprios projetos pedagógicos. O resultado é uma educação melhor para todo estudante”, destaca Rodrigo Hübner Mendes, fundador e CEO do Instituto Rodrigo Mendes.

“Estar na escola aprendendo é um direito de cada criança, cada adolescente, sem exceção. Uma escola inclusiva reconhece que o processo de aprendizagem de cada pessoa é singular e importa. Por isso, uma escola que rompe barreiras beneficia a todos”, destaca Ítalo Dutra, chefe de Educação do UNICEF Brasil.

Ainda hoje, meninos e meninas com deficiência encontram barreiras que dificultam a permanência e a aprendizagem na escola regular, que é um direito de todos. Dos estudantes com deficiência matriculados no país, 48,15% estão em distorção idade-série. Dificuldades para efetivar a matrícula, a ideia de que o estudante com deficiência está na escola só para a socialização e não para as demais atividades curriculares, a falta de infraestrutura e de recursos acessíveis são alguns dos fatores que contribuem para essa taxa.

São inúmeros, no entanto, os exemplos de que é possível colocar a inclusão em prática. As educadores Ana Célia Vieira, Juliana Forte e Katyuscia Maria da Silva apresentam relatos de diferentes experiências que mostram o rompimento dessas barreiras.

O seminário também marca o lançamento da websérie “Educação Inclusiva na promoção de Trajetórias de Sucesso Escolar”, realizada pelo UNICEF, em parceria técnica com o Instituto Rodrigo Mendes, e apoiada pela Fundação Barça. A série é composta por três episódios que alertam para a importância de não deixar ninguém para trás, sobretudo no contexto da pandemia, em que muitos estudantes perderam o vínculo com as escolas.

Programação
Data: 01/09/2021
Horário: 15h às 17h
Canal: youtube.com/unicefbrasil

  • 15h – abertura:
    – Rodrigo Hübner Mendes: fundador e CEO do Instituto Rodrigo Mendes.

    – Ítalo Dutra: chefe de Educação no UNICEF Brasil.

  • 15h30 – painel de experiências:
    – Juliana Corrêa Forte: coordenadora pedagógica da educação infantil na rede municipal de São Paulo, apresenta a experiência do projeto “Sistema Solar”, iniciativa concebida a partir da participação de Juliana no projeto “Materiais pedagógicos acessíveis”.

    – Ana Célia Sousa Vieira: professora de Língua Portuguesa na Universidade Estadual do Piauí (UESPI) e coordenadora pedagógica na Unidade Escolar Professora Maria De Lourdes Rebelo, apresenta o relato de uma trajetória inclusiva no Ensino Médio do estudante Dante Isaac dos Anjos, que cursa hoje o ensino superior no Instituto Federal do Piauí.

    – Katyuscia Maria da Silva: pedagoga da Secretaria de Inclusão e Acessibilidade (SIA) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e assessora pedagógica do Setor de Educação Especial da Secretaria de Educação do Município de Natal/RN, apresenta a experiência com o projeto “Badminton”, que é resultado da participação no projeto “Portas abertas para a inclusão – Educação física inclusiva”.

  • 16h30 – Lançamento websérie “Educação Inclusiva na promoção de Trajetórias de Sucesso Escolar.” e bate-papo entre os painelistas sobre desafios e perspectivas.
Compartilhe este conteúdo com seus amigos.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: