Quais leituras sobre atendimento educacional especializado (AEE) vocês indicam?

Quais leituras vocês me indicariam sobre como o atendimento educacional especializado pode apoiar os professores das disciplinas? Como posso ajudar meus colegas de trabalho (professores de área) que encontram dificuldades na adaptação de provas e de atividades e até mesmo para fazer o plano de aula para o público-alvo da educação especial?

Atendimento educacional especializado (AEE)

1 resposta

Por Maria de Lourdes de Moraes Pezzuol em 18/07/2019

Olá, enquanto professora de AEE em sala de itinerância para alunos com Transtorno do Espectro Autismo (TEA), gostaria de compartilhar uma proposta que realizo para apoiar e fortalecer o trabalho dos professores das diversas disciplinas do ensino comum. Pois é notório que a sala de recursos é um auxílio especial na escola, onde o professor especializado deve utilizar de materiais e equipamentos específicos que auxiliam os alunos com deficiência de modo a mantê-los juntos à classe comum. A função deste docente se resume em duas etapas, a primeira é um trabalho direto com o aluno e a segunda um trabalho indireto de parceria com os professores da classe comum, às famílias e aos demais integrantes da comunidade escolar. Identifico que não existe uma receita pronta um manual que exemplifique atividades que possam nortear esse auxílio. A inclusão dos alunos da educação especial no ensino comum implica em mudanças ao nível das atitudes e das práticas pedagógicas de todos os envolvidos no processo de ensino aprendizagem, da organização e da gestão da sala de aula e na própria escola enquanto instituição. Importante desenvolver planos educativos apropriados de forma a respeitar as necessidades educativas no adequar aos objetivos curriculares temáticos propostos e estar dentro das possibilidades e perfis de cada aluno. Assim, é importante que o professor do AEE construa um perfil de cada aluno, relatando suas dificuldades e potencialidades para que todos os professores possam conhecer, e a partir desse procedimento criar atividades adaptadas. Ressaltando que todo tipo de adaptação é fundamental. Por exemplo um aluno que não consegue se expressar pela escrita nada impede o mesmo de realizar atividades de forma oral, interpretativa por meio de desenhos, colagens, representações etc. O importante é possibilitar que esse aluno se sinta pertencido ao contexto trabalhado com todos dentro da sala de aula, que possam realizar atividades adaptadas individuais em grupo com significados. Indico algumas leituras de manuais e apostilas que pesquisei e utilizo para fundamentar minha prática docente.

ESTRATÉGIAS DE TRABALHO PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL AEE
file:///C:/Users/Dell/Desktop/Pdfs%20livros/estratc3a9gias-de-trabalho-para-alunos-com-di.pdf

RECURSOS PEDAGÓGICOS ADAPTADOS
file:///C:/Users/Dell/Desktop/Pdfs%20livros/rec_adaptados.pdf

PRÁTICAS EDUCATIVAS: MANEJO COMPORTAMENTAL E COMPORTAMENTOS PRÓ-SOCIAIS
file:///C:/Users/Dell/Desktop/Pdfs%20livros/manejo-comportamental.pdf

Dimensões e Desenvolvimento das Competências Gerais da BNCC
file:///C:/Users/Dell/Desktop/Pdfs%20livros/BNCC_Competencias_Progressao.pdf

APOSTILA SOBRE DISLEXIA
file:///C:/Users/Dell/Desktop/Pdfs%20livros/apostila_dislexia.pdf

Educação Infantil – Saberes e práticas
file:///C:/Users/Dell/Desktop/Pdfs%20livros/saberes%20e%20pratica%20na%20inclus%C3%A3o%20.pdf

Plano de Desenvolvimento Individual para o Atendimento Educacional Especializado
https://www.marilia.unesp.br/Home/Publicacoes/af-livro_9_poker_v7.pdf

Esta resposta te ajudou?
Conhece alguém que pode responder? Compartilhe um link para a pergunta.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: