O que posso fazer por uma criança com Síndrome de Down que demonstra cansaço na escola?

Sou professora, pedagoga e estou com uma sala de 1º ano do ensino fundamental. Tenho 32 alunos na sala e uma aluna com Síndrome de Down, ela tem 7 anos, mas cronológico 4 anos. Ela é muito esperta, carismática e “geniosa”, está super adaptada na escola e mantém um bom vínculo com todos. É mais próxima de mim, pois esse é o segundo ano que estou com ela, nos damos muito bem. Porém esse ano meu maior desafio com ela está sendo garantir que saiba e siga, claro de acordo com seu desenvolvimento, as “regras” e “limites” da sala com o grupo como um todo. Já fui orientada e tenho realizado várias atividades lúdicas, mas o problema é que o período é integral e claro que ela se cansa, querendo dormir, fazendo “birras” etc.

Ela tem sua rotina formatada, que já organizei para que ao chegar na sala, ela mesma coloque seus afazeres. Tenho uma auxiliar que me ajuda meio período do dia. Gostaria de saber se estou no caminho certo e queria sugestões. Sei que cada criança possui sua singularidade e particularidade, penso que esse ano ela já está mais “madura” para entender algumas situações, ela mesmo diz “Tô cansada, prô…”. Penso que o melhor seria ela ficar somente meio período e no outro realizar terapias para auxiliar no seu desenvolvimento global. Grata

Educação em tempo integral
Por Equipe DIVERSA
Olá! Agradecemos pela confiança em dividir sua questão. Acreditamos que a troca de experiências entre pessoas envolvidas com o atendimento de estudantes com deficiência na escola comum é essencial para a construção de uma educação cada vez mais inclusiva. Por isso, sua contribuição é muito importante para a Comunidade DIVERSA. Nesse momento, estamos buscando pessoas e referências que possam te ajudar. Enquanto isso, sinta-se livre para explorar os estudos de caso, os relatos de experiência, os artigos e os materiais pedagógicos acessíveis de nossa biblioteca. Continue nos contando suas descobertas sobre o tema da educação para todos!
Conhece alguém que pode responder? Compartilhe um link para a pergunta.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: