Em quais casos o Estado contrata profissional de apoio para crianças com deficiência?

Tenho um filho com deficiência intelectual leve. Ele tem 12 anos e cursa o 4º ano numa escola municipal. Ele está semi-alfabetizado e vem encontrando dificuldades comportamentais no ambiente escolar.

Quando está fazendo lições, ele só se empenha quando há um adulto auxiliando com orientações. Ele tem dificuldade em se concentrar quando está sozinho, e, ao se dispersar, acaba comprometendo a atenção de outros colegas.

O Estado disponibiliza o professor de apoio só para os casos mais graves de crianças com maiores limitações? Eu posso contratar um profissional para acompanhar meu filho em sala de aula para melhorar o aprendizado dele?
Obrigada.

Por Equipe DIVERSA
Olá! Agradecemos pela confiança em dividir sua questão. Acreditamos que a troca de experiências entre pessoas envolvidas com o atendimento de estudantes com deficiência na escola comum é essencial para a construção de uma educação cada vez mais inclusiva. Por isso, sua contribuição é muito importante para a Comunidade DIVERSA. Nesse momento, estamos buscando pessoas e referências que possam te ajudar. Enquanto isso, sinta-se livre para explorar os estudos de caso, os relatos de experiência, os artigos e os materiais pedagógicos acessíveis de nossa biblioteca. Continue nos contando suas descobertas sobre o tema da educação para todos!
Conhece alguém que pode responder? Compartilhe um link para a pergunta.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: