Como uma professora de AEE pode conscientizar professores de sala de aula comum da importância da educação inclusiva?

Minha formação é em Libras e AEE. Tenho um aluno que têm surdez moderada. Com aparelho escuta, mas se tirar não escuta. Esse aluno demonstra nitidamente que é independente em algumas ações em sala de aula, desenvolve atividades e quando não consegue pergunta, refaz, faz novamente até conseguir. Quando não entende algumas palavras, pergunta o significado. Levando em conta que Libras é sua primeira língua, é muito esperto.

Porém, alguns professores, devido à sua esperteza, não acreditam e ignoram sua deficiência, levando os outros colegas a terem a mesma opinião. Essa situação deixa o aluno surdo desmotivado. A pessoa que exerce a função de professor na educação especial precisa acolher esse aluno e não deixá-lo perder a vontade. Quando isso ocorre, leva dias para que ele volte ao normal.

Quando questionados, esses professores chegam a dizer que o aluno não parece ter deficiência auditiva, que ele apenas é “manhoso”. Alguns fazem ditado durante a aula e ele não acompanha, precisando de ajuda para não se perder. Os professores não trazem nenhuma atividade diferenciada e, apesar de seus esforços, o tratam como um aluno preguiçoso.

A coordenação escolar orienta, traz informativos, cursos, textos e explica. Mesmo assim, está longe de aceitarem a realidade que vivemos. Esse aluno tem laudo na rede e o governo o vê como público-alvo da educação especial, dando direito de interlocutor/intérprete. Diante disso, como este profissional deve agir com esses professores e dar maiores direitos ao aluno?

Por Equipe DIVERSA
Olá! Agradecemos pela confiança em dividir sua questão. Acreditamos que a troca de experiências entre pessoas envolvidas com o atendimento de estudantes com deficiência na escola comum é essencial para a construção de uma educação cada vez mais inclusiva. Por isso, sua contribuição é muito importante para a Comunidade DIVERSA. Nesse momento, estamos buscando pessoas e referências que possam te ajudar. Enquanto isso, sinta-se livre para explorar os estudos de caso, os relatos de experiência, os artigos e os materiais pedagógicos acessíveis de nossa biblioteca. Continue nos contando suas descobertas sobre o tema da educação para todos!
Conhece alguém que pode responder? Compartilhe um link para a pergunta.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: