Síndrome de Down na escola: dicas e práticas de inclusão

O dia 21 de março é marcado pela comemoração do Dia Internacional da Síndrome de Down. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o objetivo de dar visibilidade aos direitos dessas pessoas e combater o preconceito. Para celebrar o dia, o DIVERSA selecionou uma série de histórias de educadores que receberam estudantes com a síndrome em suas escolas e dicas de atividades para usar em sala de aula. Confira!

Outro olhar
Renata é uma jovem com Síndrome de Down com uma trajetória singular no ensino médio, marcada pelo protagonismo da família e empenho da escola em buscar soluções inclusivas. Assista ao documentário que resume a experiência:


A versão integral do documentário conta versões com audiodescrição e Libras.

Alfabetização e Síndrome de Down: educadora destaca repertório de estudante
Com uso de tecnologias assistivas, professora do AEE desenvolve atividades de alfabetização para aluna ler e escrever.

Escola se mobiliza para falar de preconceito a partir de conteúdos do currículo
Professores articulam conteúdos sobre diversidade para combater preconceito e bullying em escola após chegada de alunos com autismo e Down.

Como ensinar matemática para uma criança com Síndrome Down?
A mãe da Laura quis saber quais atividades de matemática auxiliariam sua filha e os membros da Comunidade DIVERSA deixaram suas indicações.

Mediação escolar, família e educadores juntos pela inclusão
Trabalho colaborativo entre mediadora, direção e educadores em escola do Rio de Janeiro (RJ) estimula autonomia de garoto com Síndrome de Down.

 

Necessidade especial?

Para comemorar o dia 21 de março deste ano, a organização italiana CoorDown propôs uma reflexão sobre a expressão “necessidades especiais”. De forma bem-humorada, a campanha #NotSpecialNeeds mostra que pessoas com Síndrome de Down, assim como todas outras, têm carências humanas básicas. “Quando alguém precisa de ajuda para falar, escrever ou ser compreendido, por exemplo, não há uma ‘necessidade especial’. O que existe é a mesma necessidade que todos os humanos compartilham: se comunicar”, esclarece a ONG. Confira:

Saiba mais sobre Síndrome de Down no DIVERSA. Aproveite também para esclarecer dúvidas, responder perguntas e trocar ideias sobre educação inclusiva com a Comunidade DIVERSA. Basta se cadastrar para começar a interagir!

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: