Prêmios selecionam as melhores práticas brasileiras de inclusão

Você está envolvido ou conhece alguma experiência inclusiva? O DIVERSA fez uma seleção especial de premiações que reconhecem práticas educacionais que envolvem estudantes com deficiência e outros públicos em condições de vulnerabilidade social.

Os prêmios são destinados a educadores, escolas públicas ou privadas, estados, municípios, empresas e organizações da sociedade civil. Dê visibilidade ao seu projeto e inspire outros profissionais da educação comprometidos com a construção de uma escola mais inclusiva. Confira os prêmios, leia os regulamentos e participe!

 

Prêmio Brasil Mais Inclusão

Logo do prêmio Brasil mais inclusão
Premiação é destinada a Estados, municípios, empresas e organizações.
A Câmara dos Deputados está com inscrições abertas para o Prêmio Brasil Mais Inclusão, que visa valorizar iniciativas em prol das pessoas com deficiência. Podem participar da premiação empresas públicas ou privadas, organizações não-governamentais (ONGs) e organizações da sociedade civil de interesse público (Oscips). Metade dos prêmios será dedicada às empresas, que concorrem na categoria “Mérito João Ribas”. Os demais concorrentes disputarão nas áreas de educação, saúde, habilitação e reabilitação, emprego, trabalho e renda, inovação e tecnologia, esporte, turismo, cultura e lazer, transporte e mobilidade e assistência social.

Público-alvo: empresas públicas ou privadas, entes federados (União, estados e municípios) e personalidades que tenham realizado trabalhos ou ações que mereçam especial destaque na inclusão de pessoas com deficiência
Inscrições: até 30 de julho, por meio do preenchimento do formulário online ou por indicação parlamentar
Regulamento: bit.ly/regulamento-premio-brasil-mais-inclusao
Resultado: 20 de setembro

 

Prêmio Professores do Brasil

premio-professores-brasil
Premiação é destinada a docentes de escolas públicas.
Promovido pelo Ministério da Educação (MEC), a 10ª edição do Prêmio Professores do Brasil irá reconhecer o trabalho de docentes de escolas públicas que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos nas salas de aula. Para se inscrever, os educadores devem enviar um relato de uma prática pedagógica desenvolvida com os alunos. Os projetos irão concorrer em seis categorias, divididas e acordo com a etapa de ensino, e serão premiadas em três níveis: estadual, regional e nacional. Os vencedores por região ganham R$ 7.000 e uma participação em um programa de capacitação na Irlanda. As iniciativas selecionadas na etapa nacional levam mais R$ 5.000 cada. Há, ainda, prêmios temáticos especiais para as práticas pedagógicas que contemplem os temas: esporte como estratégia de aprendizagem, conservação e uso consciente da água, estímulo ao conhecimento científico por meio da inovação e uso de tecnologias de informação e comunicação no processo de inovação educacional.

Público-alvo: professores de escolas públicas da educação infantil ao ensino médio
Inscrições: até 25 de agosto, por meio do site da premiação
Regulamento: bit.ly/regulamento-professores-brasil
Resultado: 7 de dezembro

 

Prêmio Professor Rubens Murillo Marques

Logo do prêmio professor Rubens Murillo Marques
Premiação da Fundação Chagas tem como público docentes de licenciatura.
Em sua 7ª edição, o Prêmio Professor Rubens Murillo Marques, promovido pela Fundação Carlos Chagas, irá reconhecer e divulgar experiências educativas do ensino superior brasileiro. Podem concorrer docentes de licenciatura de qualquer área do conhecimento que tenham desenvolvido projetos inovadores em sala de aula. Serão considerados como critérios de avaliação a inovação em relação aos procedimentos didáticos empregados e a implicação da prática na formação de professores para atuação na educação básica. Duas experiências serão premiadas no valor de R$ 20 mil cada.

Público-alvo: docentes de licenciatura que tenham realizado experiências educacionais inovadoras em sala de aula
Inscrições: até 28 de agosto, por meio do preenchimento do formulário online
Regulamento: bit.ly/premio-prof-rubens-murillo-marques
Resultado: 11 de outubro

 

Desafio Criativos da Escola

Desafio 2017 - Inscrições Abertas. 10 de abril a 1 de outubro.
Desafio Criativos da Escola irá prestigiar equipes de crianças e jovens protagonistas.
Idealizado pelo Instituto Alana, o 3º Desafio Criativos da Escola reconhecerá ações protagonizadas por crianças e jovens de todo o país que, apoiados por seus educadores, estão transformando suas escolas e comunidades. Podem participar da premiação projetos desenvolvidos em escolas públicas ou privadas, organizações não-governamentais (ONGs), coletivos, movimentos, associações comunitárias, entre outros. Serão selecionadas as 11 iniciativas que mais se destacarem nos seguintes critérios: protagonismo, empatia, criatividade e trabalho conjunto. As equipes premiadas ganharão uma viagem para o Rio de Janeiro (RJ) em dezembro de 2017, onde participação de oficinas, vivências e atividades culturais e do evento de celebração do desafio. Além disso, o professor responsável por cada iniciativa vencedora receberá R$ 500 e a escola, R$ 1,5 mil.

Público-alvo: equipes formadas por crianças e jovens do ensino fundamental ou médio de todo o território nacional
Inscrições: até 1º de outubro, pelo site Criativos da Escola
Regulamento: bit.ly/regulamento-desafio-criativos-da-escola
Resultado: dezembro de 2017

 

Prêmio Paratodos de Inclusão Escolar 2017

Logo do Instituto Paratodos
As inscrições terão início em outubro.
O Paratodos, com apoio dos institutos Rodrigo Mendes, Alana e Mara Gabrilli, realiza neste ano a segunda edição do Prêmio Paratodos de Inclusão Escolar, que selecionará experiências pedagógicas inclusivas desenvolvidas em escolas regulares. Podem participar professores da educação infantil ao ensino superior de todo o Brasil que tenham realizado atividades entre 2016 e 2017. Os projetos serão avaliados por um júri de especialistas em educação inclusiva. O vencedor ganhará um tablet e as melhores práticas poderão ser publicadas no DIVERSA. Conheça os projetos vencedores da primeira edição

Público-alvo: educadores da educação infantil, do ensino fundamental, do ensino médio e do ensino superior das redes pública ou particular
Inscrições: de outubro a dezembro de 2017
Regulamento: em breve no site do Paratodos
Resultado: maio de 2018

Conhece outro prêmio de educação que incentiva práticas inovadoras? Conte-nos! Deixe seu comentário na página.

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: