Inclusão no ensino médio é tema de novo estudo de caso do DIVERSA

Renata, estudante do ensino médio com Síndrome de Down, aparece sorrindo para foto.
Novo estudo de caso do DIVERSA narra trajetória escolar de Renata, estudante com Síndrome de Down.

Neste mês, o DIVERSA lança seu mais novo estudo de caso sobre a experiência educacional inclusiva do Colégio Coronel Pilar, de Santa Maria (RS), com o objetivo de promover discussões e reflexões sobre os desafios do atendimento de estudantes com deficiência nas escolas regulares no ensino médio. O caso conta a trajetória escolar de Renata, uma adolescente com Síndrome de Down. O estudo ajuda a entender como a articulação de políticas públicas e a mobilização da comunidade escolar podem colaborar para a garantia de uma educação de qualidade para os alunos com deficiência.

Segundo Rodrigo Hübner Mendes, fundador do Instituto Rodrigo Mendes, é preciso lembrar que a educação é um direito fundamental e, portanto, deve ser garantida a todos, sem exceção. Por outro lado, a educação inclusiva descontroi o modelo que há hoje e propõe que o respeito à forma única e singular de cada indivíduo construir o conhecimento precisa encontrar espaço. “Quando se tem alguém com deficiência na escola, os educadores são obrigados a mudar. Não há como adiar”, diz Rodrigo. “A educação contemporânea deveria valorizar as diferenças, contribuindo para o desenvolvimento de competências que vão além do ler, escrever e o calcular, mas nem sempre é o que acontece. Por isso, esse exemplo da estudante gaúcha é tão significativo”, completa.

_0214222298
Especialistas em educação debatem sobre ensino médio e inclusão durante lançamento do estudo de caso.

Já para Maria de Salete Silva, especialista em educação, é preciso enfrentar as mudanças necessárias para sair da obsolescência em que o ensino médio se encontra “sem parar o carro”. “Não dá para interromper tudo e recomeçar lá na frente. A experiência com Renata é mais forte que qualquer tese de doutorado. Não tenho dúvidas de que a abertura para a inclusão é que vai acelerar esse processo de mudança”, concluiu.

O estudo de caso é composto por uma versão textual e outra em vídeo. O documentário é uma produção do Instituto Rodrigo Mendes e Maria Farinha Filmes, com direção de Renata Sette. O projeto teve o patrocínio do Itaú BBA e do Instituto Alana, além do apoio do Instituto Unibanco, Ministério da Educação e Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down.

Faça o download gratuito do estudo de caso sobre a experiência educacional inclusiva do Colégio Coronel Pilar, de Santa Maria (RS) .

Assista ao documentário:

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: