Quando aplicar uma avaliação adaptada para um estudante com deficiência?

Boa Tarde! Tenho uma filha de 11 anos de idade que recebeu diagnóstico de Distúrbio do Processamento Auditivo Central (DPAC) e se encontra em tratamento com fonoaudióloga. Ela está cursando a 6ª série do ensino fundamental e não se sente confortável em realizar as provas separada dos demais colegas. Ocorre que a coordenação pedagógica da escola entende que a minha filha deve fazê-las em local separado, juntamente com outros educandos que têm necessidades especiais. Um aluno que apresenta necessidade de fazer uma avaliação adaptada tem que fazê-la separado dos demais estudantes? Não tendo dificuldades em determinadas disciplinas, não poderia o aluno com necessidades especiais fazer a mesma prova que os outros? Quanto a esse último aspecto, a escola entende que deve a minha filha realizar as provas adaptadas para todas as disciplinas, posição com a qual não concordo. Entendo que não estando a criança encontrando dificuldades em algumas matérias, então não haveria justificativa para uma avaliação adaptada. Em nosso pensamento, essa prática radical de estender a todas as matérias o mesmo procedimento vem afrontar o pleno desenvolvimento de suas potencialidades.

0 Qualificação

1 resposta

Por Equipe DIVERSA em 09/05/2017

Olá! Seja bem-vindo à nossa comunidade! Nós da equipe do DIVERSA agradecemos pela confiança em dividir suas dúvidas. Acreditamos que encaminhamentos para desafios como o que você expôs possam ser construídos coletivamente. Para isso, dividiremos sua questão com outros membros de nossa comunidade e pesquisaremos em nosso acervo de conteúdos referências que possam te inspirar na busca por possibilidades inclusivas. Enquanto isso, te convidamos a explorar e comentar os estudos de caso, os relatos de experiência e os artigos de nossa biblioteca. Continue nos contando suas descobertas sobre o tema da educação para todos. Sinta-se à vontade para trocar experiências!

0 Qualificação
Conhece alguém que pode responder? Compartilhe um link para a pergunta.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: