O que escola e família podem fazer para incluir um aluno com atraso cognitivo?

A pouco tempo descobri que meu filho, hoje com sete anos tem um atraso cognitivo. Sempre desconfiei. Aos quatro, levei em uma avaliação com especialistas e eles resolveram esperar até aos seis. Aos seis, ele tinha dificuldade para falar e caia muito. Ele não acompanhava a escrita do quadro na sala. Ele fazia duas linhas e os amigos enchiam a folha do caderno. Descobri que a escola poderia encaminhá-lo a um tratamento, mas a escola me deu uma advertência escrita de que eu deveria ensinar meu filho em casa, porque ele era um menino igual os demais. Mas eu pedi novamente para encaminhá-lo a uma avaliação. Mesmo não acreditando em mim, eles o encaminharam a um neurologista, que constatou na primeira consulta e hoje meu filho aos sete anos teve uma avaliação de atraso cognitivo em decorrência do hipotiroidismo que por falta de informação ele veio a começar o tratamento aos 21 dias e que afetou um pouquinho seu cérebro.

Agora estou precisando de uma professora de apoio. A diretora da escola disse que o professor não atende na escola e eu teria que estar indo até ele. Eu descobri que não é verdade. E descobri que a escola do meu filho não tem conhecimento e preparação para esses alunos. Mas vou atrás e mais uma vez eles vão aprender comigo. No meu condomínio, as crianças da idade do meu filho não querem brincar com ele e ele sempre está sozinho. Ele percebe a discriminação. Eu vejo ele muito triste e às vezes ele chora muito. Como posso resolver tanta indiferença?

Deficiência intelectual
Por Equipe DIVERSA
Olá! Agradecemos pela confiança em dividir sua dúvida. Acreditamos que a troca de experiências entre pessoas envolvidas com o atendimento de estudantes com deficiência na escola comum é essencial para a construção de uma educação cada vez mais inclusiva. Por isso, sua contribuição é muito importante para a Comunidade Diversa. Nesse momento, estamos buscando pessoas e referências que possam te ajudar. Enquanto isso, sinta-se livre para explorar os estudos de caso, os relatos de experiência e os artigos de nossa biblioteca. Continue nos contando suas descobertas sobre o tema da educação para todos!
Conhece alguém que pode responder? Compartilhe um link para a pergunta.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: