Como garantir o uso e a compreensão de tecnologias assistivas na escola?

Olá, sou pesquisadora voluntária e estive observando uma questão recorrente. Minha atividade é projetar tecnologias assistivas (TA) para que os usuários que irão utilizá-las possam ter as mesmas experiências de aprendizagem, e por que não, de ensino em uma sala de aula, independentemente das necessidades. No entanto, quando esse tipo de tecnologia é aplicado num contexto escolar, existe uma dificuldade na garantia do uso desses equipamentos, ora por questões de adaptação, seja do ambiente escolar em que o “usuário” está exposto, ora por questões de falta de compreensão externa do que aquele artefato significa. Como eu posso projetar um planejamento externo de TA’s que possa garantir o uso e a compreensão da importância dessas tecnologias no âmbito escolar?

1 resposta

Por Marisa Marzocchi Tomazzeto em 20/09/2017

Olá pesquisadora, na escola existe uma forma de fazer com que as pessoas aceitem melhor as TAs. Precisa ser primeiro apresentada ao professor coordenador e aí fazer um trabalho com a sala do aluno que irá trabalhar com a tecnologia. Nesse processo, orientar os professores sobre a necessidade e também sobre o uso, experimentando o que será utilizado pelo aluno. Tudo que não conhecemos causa estranheza e podendo vivenciar fica mais fácil de compreender a necessidade do aluno.

Marisa Marzocchi Tomazzeto

Esta resposta te ajudou?
Conhece alguém que pode responder? Compartilhe um link para a pergunta.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: