Até qual idade um aluno com deficiência intelectual pode ficar no ensino regular?

Olá!

Trabalhei em Curitiba na educação especial durante cinco anos, onde a inclusão não é obrigatória, então a grande maioria dos estudantes com deficiência intelectual ainda estão em escolas especiais. Desde 2016, tenho tido um contato muito estreito com a inclusão no Piauí. Lá, os estudantes com deficiência intelectual têm contato com os centros de atendimento apenas no contraturno, já que é obrigatória a frequência no ensino regular.

Diante disso, entendendo as diferenças de realidades, passei a pesquisar a inclusão de adultos com deficiência intelectual em uma escola estadual de dança no Piauí, para um artigo da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Esses adultos estão inseridos em turmas de crianças, pois, segundo os profissionais, eles não estão aptos para avançarem de nível. Mas é uma escola de dança não regulamentada, então ainda não possui normas rígidas para essa inclusão. Ela está sendo estudada e em parceria com a direção da escola, estamos trabalhando na efetivação de uma inclusão real.

Conversando com as famílias dos adultos com deficiência intelectual da escola de dança, eu descobri que muitos deles estão matriculados no ensino regular em turmas que não são de educação de jovens e adultos (EJA). Mesmo sendo realidades diferentes, estou tentando entender quais são as regras de inclusão no ensino regular, pois de alguma forma quero aproximar a escola de dança da forma oficial e correta de inclusão. Então pergunto:

1) Qual idade máxima que um aluno pode permanecer no ensino regular, antes de ser caracterizado como um aluno para a EJA?

2) É possível a matrícula de uma aluna com 24 anos no quinto ano de uma escola regular municipal?

3) Sei que o aluno com deficiência intelectual tem direito a ter o currículo adaptado, adaptação metodológica e outras formas de avaliação, para caminhar de acordo com suas próprias competências. A minha dúvida é em relação à idade. Existe uma idade máxima para que esse aluno termine o ensino médio regular, sem ser inserido na EJA?

Por enquanto é isso. Obrigada!!!

Idade-série

1 resposta

Por Maria Ligia de Castro e Carrijo Monteiro em 07/11/2017

Importante saber o nível real de aprendizagem do aluno deficiente. A lei favorece a terminalidade específica. Só irá para a educação de jovens e adultos (EJA) o aluno de ensino regular cujos pais queiram ou se for aluno sem deficiência e maior, se ele desejar. A questão da aluna de 24 anos no regular é possível, após atender a todos com idade até 17 anos. A meu ver, precisa saber se essa aluna se sentirá bem com crianças de 10 anos… A EJA seria melhor…

Esta resposta te ajudou?
Conhece alguém que pode responder? Compartilhe um link para a pergunta.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: